Atendendo às várias questões que nos tem surgido diariamente por parte das Misericórdias com respostas sociais na área dos idosos, em especial, estruturas residenciais para pessoas idosas e unidades de cuidados continuados, serve a presente circular para reforçar a informação anteriormente comunicada, acerca dos procedimentos a ter aquando do retorno de utentes vindos de hospitais.

Assim, e sabendo que tem havido alguma discrepância na forma de atuação dos hospitais, em algumas zonas do país, somos a reiterar o seguinte:

“Nas situações em que os residentes saiam da instituição, por um período inferior a 24 horas, para realizar tratamentos (por exemplo, hemodiálise) ou por necessitarem de assistência médica (por exemplo ida ao serviço de urgência), não é necessária a realização de teste laboratorial para SARSCoV-2.

Nestes casos, o utente deverá cumprir um período de isolamento não inferior a 14 dias com monitorização diária de sintomas.

Quando o utente tenha estado fora da instituição por período superior compete ao hospital onde esteve internado a realização de teste para SARS-CoV-2 antes do regresso à instituição. Caso o resultado do teste laboratorial para SARS-CoV-2 seja positivo e o utente não tenha necessidade de internamento hospitalar, é contactada a autoridade de saúde local territorialmente competente para os efeitos previstos no n.º 1 alínea b) do Despacho 4097- B/2020, de 2 de abril.”.

Anexamos ainda para conhecimento a OT da DGS 035/2020 de 13/07/2020 sobre populações em situação de maior vulnerabilidade social e económica.

Para o esclarecimento de quaisquer dúvidas sobre esta matéria ou implementação dos planos de contingência poderão contactar o Gabinete de Ação Social através dos contactos telefónicos 211 526 786 ou através do email accao.social@ump.pt, para os equipamentos e respostas da área social.

Para os equipamentos e respostas da área da saúde poderão contactar o Grupo Misericórdias Saúde através do contacto telefónico 218 110 544 ou através do email saude@ump.pt.

 

Orientação da DGS 009/2020, de 11/03/2020, atualizada em 07/04/2020

Orientação da DGS 035/2020 de 13/07/2020

Ver Circular 88/2020