logotipo UMP pt

                                 


Amarante | ‘Estas sessões estimulam muito os utentes’


​Estimular através do tato, do olfato, da visão, da audição, do calor e das texturas é o objetivo do projeto “Estimulação Multissensorial Dinâmica” da Misericórdia de Amarante, que há um ano leva animais até aos idosos institucionalizados. 

 

Durante a sessão o animal vai aproximando-se do grupo “com calma e tranquilidade, sem forçar a sua presença, mas fazendo-se sentir, e à medida que os nossos utentes vão sentindo confiança no animal vão-lhe fazendo festas e pedem para a colocarmos no colo”. Segundo a terapeuta, “estas sessões estimulam muito os utentes, quando chega o animal eles ficam logo mais sorridentes a quererem participar e a conversarem uns com os outros.” 

“Temos, por exemplo, o caso de uma senhora com demência em estado avançado e com capacidade de reação muito reduzida que quando vê a cadela reage imediatamente. Quer tocar-lhe, chamá-la. Reage porque o animal lhe aviva a memória, ela lembra-se dos animais que tinha. Este reavivar de memórias é muito importante e gratificante”, referiu a terapeuta. 

Leia a reportagem na íntegra no seu Jornal Voz das Misericórdias de dezembro.

 

Voz das Misericórdias

Linha de Crédito

Concluídos os processos de contratualização dos financiamentos bancários no âmbito da Linha de Crédito de Apoio à Economia Social I e II, divulgamos a lista final de Misericórdias beneficiárias.

Fundo de Reestruturação do Setor Solidário

O Fundo de Reestruturação do Setor Solidário destina-se a apoiar a reestruturação e a sustentabilidade económica e financeira de instituições do setor solidário.

 

Login