logotipo UMP pt

                                 


FRDL | Projeto iniciado em 2015 vai continuar a apoiar as Misericórdias


29 Misericórdias celebraram contratos de financiamento de candidaturas aprovadas na segunda fase do Fundo Rainha Dona Leonor (FRDL), no dia 15 de janeiro.

 

Na cerimónia que formalizou o apoio a projetos de envelhecimento, intergeracionalidade e requalificação do património, o provedor da Santa Casa de Lisboa anunciou que vai dar continuidade ao projeto iniciado pela anterior mesa administrativa. 

“É de facto uma magnífica ideia, e só temos que estar muito orgulhosos por sermos parte deste processo e por poder dar continuidade a esta magnifica obra. Queremos aprofundar este modelo e ir mais além, sempre numa atitude permanente de diálogo e de partilha com a UMP”, referiu Edmundo Martinho. 

Enquanto representante das Misericórdias, o presidente da UMP saudou a nova mesa administrativa pela decisão de “continuar o trabalho iniciado pelo anterior provedor” e louvou o esforço empreendido nesta segunda fase do FRDL, que abrange pela primeira vez projetos de reabilitação do património. “Demos um salto qualitativo ao enveredar também pelo apoio à salvaguarda do património histórico das Misericórdias”, sublinhou Manuel de Lemos.

Nesta segunda fase do FRDL, o investimento de cerca de cinco milhões de euros vai permitir a requalificação de lares de idosos e centros de dia, a criação de espaços intergeracionais, o restauro de igrejas e a criação de núcleos museológicos um pouco por todo o país. 

Abrantes, Alenquer, Buarcos, Coruche, Ericeira, Lourinhã, Melgaço, Montemor-o-Novo, Tomar, Angra de Heroísmo, Baião, Castelo de Paiva, Cinfães, Cuba, Ferreira do Zêzere, Horta, Mangualde, Marco de Canavezes, Meda, Mogadouro, Montijo, Mora, Oleiros, Oliveira do Bairro, Penamacor, Peniche, Ribeira Grande, Vimieiro e Vimioso receberam para já 30 por cento do valor total atribuído, sendo o restante entregue ao longo das várias etapas da obra. 

A cerimónia de assinatura dos contratos de financiamento teve lugar na Sala do Brasão do Museu de São Roque, em Lisboa, com a presença dos provedores das entidades beneficiárias, entre outros. Desde a sua criação, em 2015, o Fundo Rainha Dona Leonor já apoiou 81 Misericórdias em todo o país.

 

Voz das Misericórdias

 

Linha de Crédito

Concluídos os processos de contratualização dos financiamentos bancários no âmbito da Linha de Crédito de Apoio à Economia Social I e II, divulgamos a lista final de Misericórdias beneficiárias.

Fundo de Reestruturação do Setor Solidário

O Fundo de Reestruturação do Setor Solidário destina-se a apoiar a reestruturação e a sustentabilidade económica e financeira de instituições do setor solidário.

 

Login